Reajuste do teto do INSS para 2024 é o menor desde 2019

O teto do INSS para 2024 foi reajustado em 3,71%, o menor desde 2019. O valor passou de R$ 7.507 para R$ 7.786.

O reajuste é calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação oficial do país. O objetivo é manter o poder de compra dos beneficiários.

O novo teto do INSS entrará em vigor em 1º de fevereiro de 2024.

Os pagamentos de janeiro, já reajustados, serão feitos para quem recebe até um salário mínimo, que será de R$ 1.412, entre os dias 25 de janeiro e 7 de fevereiro, de acordo com o número final do cartão do benefício. Já quem recebe acima do piso nacional terá o pagamento de janeiro disponibilizado em 1º de fevereiro.

O reajuste do teto do INSS impacta diretamente nos valores pagos aos aposentados e pensionistas do INSS. Para quem recebe o teto, o reajuste é de 3,71%. Para quem recebe um valor inferior ao teto, o reajuste é proporcional ao INPC acumulado no período.

O reajuste do teto do INSS também impacta na contribuição dos participantes ativos da Funpresp, o fundo de previdência complementar do funcionalismo público federal. Para os participantes ativos normais, a mudança altera o Salário de Participação, que é calculado a partir da diferença entre o valor total da remuneração do servidor e o teto do INSS. Sendo assim, as contribuições de janeiro para o Ativo Normal terão como referência o novo valor do teto do INSS.

Chamada de Ação para contato com o Grupo Martins via WhatsApp

COMPARTILHAR:

POSTS RELACIONADOS

atividade especial até 1996

Você exerceu atividade especial até 1996?

Você exerceu atividade especial até 1996? Sabia que além das atividades consideradas especiais até 28/04/1995, algumas profissões continuaram a ser classificadas como especiais até 13/10/1996?

nova reforma da previdência

Nova reforma da previdência

Você sabia que pode estar para sair um novo tipo de “Reforma da Previdência” que vai reduzir a idade mínima para a aposentadoria especial? Não?

Comente

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *